quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Baile comigo,
puxe o gatilho.
Talvez não rime, meu bem.
Mas a gente também sabe
que nenhum outro final
para nós acabará bem.

2 comentários:

  1. o pior é saber que não é só mais um de seus poemas.
    independentemente do final, alguma hora, tudo estará bem novamente.

    beijo

    ResponderExcluir